Para você saber....

Nada na vida fará você ser feliz até que você escolha ser feliz.

quinta-feira, 2 de novembro de 2017

unicórnio


Resultado de imagem para unicornio

Unicórnio, também conhecido como licórnio ou licorne, é um animal mitológico que tem a forma de um cavalo, geralmente branco, com um único chifre em espiral. O nome "unicórnio" deriva do latino unicornis: do prefixo uni- e do substantivo cornu, "um só chifre". Sua imagem está associada à pureza e à força. Segundo as narrativas são seres dóceis; porém são as mulheres virgens que têm mais facilidade para tocá-los.
Resultado de imagem para unicornio desenho

Acredita-se que o Elasmotherium deu origem ao mito moderno do Unicórnio, como descrito por testemunhas na China e Pérsia.

Apesar de provavelmente ter sido extinto na pré-história, de acordo com a enciclopédia sueca Nordisk familjebok, publicada de 1876 a 1957, e com o cientista Willy Ley, o animal pode ter sobrevivido o suficiente para ser lembrado em mitos do povo russo como um touro com um único chifre na testa.

Ahmad ibn Fadlan, viajante muçulmano cujos escritos são considerados uma fonte confiável, diz ter passado por locais onde homens caçavam o animal. Fadlan, inclusive, afirma ter visto potes feitos com chifres do unicórnio.

Resultado de imagem para unicornio

Em 1663, perto de uma caverna na Alemanha, foi encontrado o esqueleto de um animal que, especulava-se, seria um unicórnio. As ossadas encontradas na Alemanha eram possivelmente de Mamute com outros animais, montados por humanos de forma equivocada.

A caveira estava intacta e com um chifre único no meio, preso com firmeza. Cerca de 100 anos depois, uma ossada semelhante foi encontrada perto da mesma caverna. Os dois esqueletos foram analisados por Gottfried Leibniz, sábio da época e grande cientista (ao nível de Sir Isaac Newton), que declarou que (a partir das evidências encontradas) passara a acreditar na existência de unicórnios.

As presas de narvais capturados nas águas do Ártico circulavam por toda a Europa medieval como prova da existência de unicórnios. Tais presas seriam dotadas de poderes mágicos e curativos.
~


Os primeiros registros


egundo o site Today I Found Out, a primeira figura de unicórnio de que se tem notícia foi encontrada nas cavernas Lascaux, na França, e teria sido pintada em 15 mil a.C. Contudo, apesar de a criatura desenhada contar com dois chifres — e provavelmente representar um antílope ou touro —, na época em que foi achada os descobridores pensaram que o animal retratado tinha um chifre só.

Com respeito aos registros escritos, o primeiro data do século 4 a.C., e aparece em um texto de autoria de um médico e historiador grego chamado Ctésias. Durante suas viagens pela Pérsia, Ctésias teria ouvido contos sobre um poderoso animal selvagem tão grande quanto um cavalo que teria o corpo todo branco e a cabeça vermelha, além de contar com olhos azuis e um único chifre multicolorido.


Criaturas misteriosas


Outros relatos famosos são os de Marco Polo — que descreveu os unicórnios como “brutos e feios” — e Genghis Khan, que teria se recusado a invadir a Índia depois de se deparar com uma dessas criaturas. Contudo, segundo os historiadores, os animais que essas pessoas viram provavelmente nada mais eram do que rinocerontes. Conforme explicaram, na hora de descrever as “bestas” nos países de origem, os viajantes se baseavam nos familiares cavalos.
Fonte da imagem: Reprodução/Wikipédia
Os unicórnios também são descritos na bíblia (pelo menos na versão do Rei Jaime da Inglaterra), embora se acredite que a menção seja um caso de erro de tradução. Quando o Velho Testamento foi traduzido do hebraico para o grego, apesar de não existirem referências a unicórnios na Torá — a bíblia judaica —, há alusões a um animal (extinto ou quem sabe o órix-da-arábia) que normalmente era desenhado de perfil, aparecendo com os chifres sobrepostos.
Em grego, essas criaturas foram descritas como “monokeros”, e a palavra foi traduzida para o latim como “unicornos”. Assim, graças a uma interpretação equivocada de um desenho antigo, um animal de carne e osso acabou se transformando em uma criatura mitológica. Por último, ainda existe mais uma possível origem para a lenda sobre a existência dos unicórnios! Ela estaria relacionada a um mamífero marinho chamado narval.

Evolução aquática

Os narvais são “parentes” das baleias e golfinhos, habitantes as águas geladas do Ártico canadense e da Groelândia. Eles contam com um grande dente — e não um chifre — de marfim na cabeça e, para os que acreditam que os unicórnios existiram um dia (como os norte-coreanos), uma possibilidade é a de que os narvais tenham sido criaturas terrestres que, ao se sentirem ameaçadas pelos humanos, evoluíram para sobreviver no mar.
No entanto, geneticamente falando, os narvais são muito mais próximos das belugas e dos botos do que dos cavalos, o que invalida a teoria “evolutiva”. Portanto, respondendo à pergunta do título desta matéria — sobre se os unicórnios existiram algum dia —, todas as evidências disponíveis parecem dizer que não.
fonte:
 https://pt.wikipedia.org/wiki/Unic%C3%B3rnio
https://www.megacurioso.com.br/misterios/40713-e-possivel-que-os-unicornios-tenham-existido-algum-dia-.htm

sábado, 7 de outubro de 2017

Chaves

https://youtu.be/u31VG573mAc

Relembrando

https://youtu.be/bMkHejRvAlE

sexta-feira, 6 de outubro de 2017

Pabllo Vittar - Indestrutível (Unofficial Video)

o que é o SUS

Resultado de imagem para o que é o sus
O Sistema Único de Saúde (SUS) é o conjunto de todas as ações e serviços de saúde prestados por órgãos e instituições públicas federais, estaduais e municipais, da administração direta e indireta e das fundações mantidas pelo Poder Público.
Há um tempo atrás, a saúde era encarada apenas como a ausência de doenças, o que nos legou um quadro repleto não só das próprias doenças, como desigualdade, insatisfação dos usuário, exclusão, baixa qualidade e falta de comprometimento profissional. No entanto, este conceito foi ampliado, ao serem definidos os elementos condicionantes da saúde, que são:

Meio físico (condições geográficas, água, alimentação, habitação, etc);
Meio sócio-econômico e cultural (emprego, renda, educação, hábitos, etc);
Garantia de acesso aos serviços de saúde responsáveis pela promoção, proteção e recuperação da saúde.

Ou seja, de acordo com a nova concepção de saúde, compreende-se que “os níveis de saúde da população expressam a organização social e econômica do país".
As reinvidicações do movimento que recebeu o nome de “Movimento Sanitarista” foram apresentadas na 8° Conferência Nacional de Saúde, em 1986. Sendo que mais tarde, na Constituição de 1988 foram definidas as ações relativas ao SUS, sendo considerado de “relevância pública”, ou seja, é atribuído ao Poder Público a regulamentação, a fiscalização e o controle das ações e dos serviços de saúde, independente da execução direta do mesmo.
Juntamente com o conceito ampliado de saúde, o SUS traz consigo dois outros conceitos importantes: o de sistema e a idéia de unicidade. A idéia de sistema significa um conjunto de várias instituições, dos três níveis de governo e do setor privado contratado e conveniado, que interagem para um fim comum. Já na lógica de sistema público, os serviços contratados e conveniados seguem os mesmos princípios e as mesmas normas do serviço público. Todos os elementos que integram o sistema referem-se ao mesmo tempo às atividades de promoção, proteção e recuperação da saúde.
Em todo o país, o SUS deve ter a mesma doutrina e a mesma forma de organização, sendo que é definido como único na Constituição um conjunto de elementos doutrinários e de organização do sistema de saúde, os princípios da universalização, da eqüidade, da integralidade, da descentralização e da participação popular.
Podemos entender o SUS da seguinte maneira: um núcleo comum, que concentra os princípios doutrinários, e uma forma e operacionalização, os princípios organizativos.

Princípios Doutrinários

Universalização: a saúde é um direito de cidadania de todas as pessoas e cabe ao Estado assegurar este direito, sendo que o acesso às ações e serviços deve ser garantido a todas as pessoas, independentemente de sexo, raça, ocupação, ou outras características sociais ou pessoais.
Eqüidade: o objetivo desse princípio é diminuir desigualdades. Apesar de todas as pessoas possuírem direito aos serviços, as pessoas não são iguais e, por isso, têm necessidades distintas. Em outras palavras, eqüidade significa tratar desigualmente os desiguais, investindo mais onde a carência é maior.
Integralidade: este princípio considera as pessoas como um todo, atendendo a todas as suas necessidades. Para isso, é importante a integração de ações, incluindo a promoção da saúde, a prevenção de doenças, o tratamento e a reabilitação. Juntamente, o principio de integralidade pressupõe a articulação da saúde com outras políticas públicas, para assegurar uma atuação intersetorial entre as diferentes áreas que tenham repercussão na saúde e qualidade de vida dos indivíduos.

Princípios Organizativos
Estes princípios tratam, na realidade, de formas de concretizar o SUS na prática.
Regionalização e Hierarquização: os serviços devem ser organizados em níveis crescentes de complexidade, circunscritos a uma determinada área geográfica, planejados a partir de critérios epidemiológicos, e com definição e conhecimento da população a ser atendida. A regionalização é um processo de articulação entre os serviços que já existem, visando o comando unificado dos mesmos. Já a hierarquização deve proceder à divisão de níveis de atenção e garantir formas de acesso a serviços que façam parte da complexidade requerida pelo caso, nos limites dos recursos disponíveis numa dada região.
Descentralização e Comando Único: descentralizar é redistribuir poder e responsabilidade entre os três níveis de governo. Com relação à saúde, descentralização objetiva prestar serviços com maior qualidade e garantir o controle e a fiscalização por parte dos cidadãos. No SUS, a responsabilidade pela saúde deve ser descentralizada até o município, ou seja, devem ser fornecidas ao município condições gerenciais, técnicas, administrativas e financeiras para exercer esta função. Para que valha o princípio da descentralização, existe a concepção constitucional do mando único, onde cada esfera de governo é autônoma e soberana nas suas decisões e atividades, respeitando os princípios gerais e a participação da sociedade.
Participação Popular: a sociedade deve participar no dia-a-dia do sistema. Para isto, devem ser criados os Conselhos e as Conferências de Saúde, que visam formular estratégias, controlar e avaliar a execução da política de saúde.

segunda-feira, 2 de outubro de 2017

educação e desenhos

Ola tudo bem?
Pra quem não me conhece eu tenho um irmão de 3 anos que adora desenhos,
Aqui vai uma lista dos desenhos que ele mais gosta, e os que eu costumo incentivar.

ovelha chone
Resultado de imagem para ovelha chone
Conta a ilaria historia de um grupo de ovelhas que moram em uma fazenda com seu dono e outros animais. Essa animação não posue fala, mais mesmo assim ela consegue ser muito engraçada e fofa.

timmy time
Resultado de imagem para timmy time

Essa é bem animada pois conta as historias e aventuras do timmy, uma pequena ovelha da fazenda da primeira animação. Essas aventuras se passa dentro da escola, com seus outros amigos, também como na primeira animação não possui fala

marsha e o urso
Resultado de imagem para marsha e o urso
Uma menina travessa e cheia de energia, se metendo em encrenca junto com seus amigo,s os animais da floresta, essa é aforma mais fácil de explicar a animação de Marsha e seu grande amigo o urso.

larva
Resultado de imagem para larva

Insetos e larvas super engraçados e animados, se metendo em varias encrencas na cidade grande.

coragem o cão covarde
Resultado de imagem para coragem o cão covarde
Coragem é o cachorro mais corajoso de lugar nenhum, sempre leal, tenta a cada episodio protegem seus donos com muita animação conquista nosso coração.

os minions e meu malvado favorito
Resultado de imagem para os minions Resultado de imagem para meu malvado favorito
Esse não precisa de comentarios

o irmão do jorel

Resultado de imagem para o irmão do jorel
Conta as historia da família do irmao do jorel, uma familia muito engraçadas e historia ilaria.

gumball desenho
Resultado de imagem para gumball desenho
mais uma historias de uma família bem doidinha.

Pronto ta aqui a lista do que meu irmão gosta, ele ainda me ajudou a fazer essa postagem.