Para você saber....

Meu nome é saphira, moro no brasil SC, e sou blogueira a mais de 3 anos, curto sim jrock mais não discrimino nenhum estilo musical.
Aqui eu procuro mostrar um pouquinho de tudo que gosto e respeito.
Espero que gostem.....


terça-feira, 29 de setembro de 2009

jonas serie
















J.O.N.A.S. série


Sinopse:

Na série, Kevin, Joe e Nick Lucas são 3 irmãos adolescentes talentosos que formam a banda de rock mais popular do mundo, JONAS. Os garotos fazem o seu melhor para viver vidas normais, embora tendo guitarras brilhosas, shows de turnês, roupas legais e ter milhares de fãs enlouquecidas seguindo todos os seus passos. Assim, os irmãos se encontram sempre em situações absurdas. A série se passa na casa da família Lucas em New Jersey - que costumava ser um posto de bombeiros da Rua Jonas, a inspiração para o nome da banda - e na escola privada deles, Horace Mantis Academy. Lá os irmãos experimentam todo tipo de diversão em situações incomuns, que aparecem por eles serem estrelas do rock. Eles são acompanhados pela sua amiga de infância, a estilista Stella Malone, que ajuda os irmãos a se manterem sempre na moda. Junto com Stella está a sua melhor amiga e maior atleta da escola, Macy Misa, que é auto-proclamada como a fã número 1 de JONAS.

segunda-feira, 28 de setembro de 2009

continuação filme lua nova





































A divulgação do filme lua nova
























































bateria


A bateria é um conjunto de tambores (de diversos tamanhos e timbres) e de pratos colocados de forma conveniente com a intenção de serem percurtidos por um único músico, denominado baterista, geralmente, com o auxílio de um par de baquetas, vassourinhas ou bilros, embora no caso de alguns executantes, possam também ser usadas as próprias mãos.


Constituição
Não existe um padrão exato sobre como deve ser montado o conjunto dos elementos de uma bateria, sendo que, o estilo musical é por muitos indicado como uma das maiores influências perante o baterista no que respeita à disposição dos elementos, sendo que, a preferência pessoal do músico ou as suas condições financeiras ou logísticas;
Um surdo(designado também por tímbalo de chão ou timbalão de chão em Portugal).

Pratos
Um chimbau (par de pratos de choque em Portugal, ou hi-hat, em inglês), acionados por meio de um pedal;
Um prato de condução (também conhecido pela designação em inglês ride ou swish), apoiado num suporte geralmente em forma de tripé;
Um ou mais pratos de ataque (os três tipos mais usados, com a designação em inglês: crash, splash e china), apoiados em suportes idênticos aos do prato de condução, colocados ao lado dos outros elementos.
A adição de tom-tons, vários pratos, pandeirolas, gongos, blocos de madeira, canecas, almofadas (pads) eletrônicas devidamente ligadas a samplers, ou qualquer outro acessório de percussão (ou não) podem também fazer parte de algumas baterias, de forma a serem produzidos diversos sons que se encontrem mais de acordo com o gosto pessoal dos músicos.
Alguns bateristas, tais como Neil Peart ou Terry Bozzio, elaboraram conjuntos de bateria fora do normal, utilizando-se de diversos elementos, tais como rototós, bidões, gongos ou tom-tons afinados em correspondência com notas musicais, possibilitando ao baterista, para além da execussão rítmica, contribuir melodicamente para a música. A década de 80 foi prolífica no surgimento destes conjuntos fora do normal, apreciados pelos amantes da bateria, um pouco por todo o mundo.

Materiais de construção
De uma forma geral, os tambores das baterias são construídas em madeiras seleccionadas, podendo também encontrar-se elementos construídos à base de plásticos, metais e/ou outras ligas.
Diversos fabricantes têm efectuado diversas experiências de forma a obter os melhores sons a partir da madeira, tendo concluído que o mogno, a bétula e o plátano produzem as madeiras mais aceitas para a construção destes instrumentos. Já em relação às tarolas (caixas), as ligas metálicas baseadas em aço, latão ou cobre são as preferências dos modelos de entrada de gama, embora os modelos fabricados em madeira de bétula e plátano tenham melhor aceitação nos modelos de topo de gama.
No Brasil, apesar de um certo atraso em relação aos produtos americanos e europeus, desde a década de 60 há indícios da fabricação de baterias pré-montáveis. Originalmente usava-se o Cedro como material para a produção de cascos e casualmente o Marfim. Hoje a indústria brasileira já inova neste conceito utilizando madeiras certificadas como a Bapeva que é uma madeira com o dobro de densidade do Maple americano (o mais utilizado para a produção de cascos de bateria), ou seja, mais dura e mais resistente.

contra baixo


mini-aula de contrabaixo


Capítulo 1: Contatos Imediatos I
Vamos Tomar Como Base No Decorrer Do Nosso Curso O Baixo De Quatro Cordas Por Ser Mais Acessível.
Em Se Tratando Da Relatividade Das Cordas, Temos, Como Um Padrão Mais Comum De Afinação Em 440htz,a afinação em A(lá) O Seguinte Valor Para As Cordas:
E---------------------------------------------------
A---------------------------------------------------
D---------------------------------------------------
G---------------------------------------------------
Ainda Falando Sobre A Questão Das Cordas, Que É Um Ponto Importante, Podemos Classificá-Las Quanto Ao Calibre.
Normalmente, As Cordas Com Calibre Menor(Mais Finas), Possuem Menos Sustain (Sustentação), Porém São Mais Macias Proporcionando Uma Ação Mais Baixa Ao Braço Do Instrumento.


*Ação:
Distância Das Cordas Ao Braço. Normalmente Quanto Mais Alta A Ação Mais Volume Teremos.
Uma Corda Com Calibre Maior, Possui Um Sustain Mais Forte, E Como A Tensão Do Braço Fica Um Pouco Maior Com Essas Cordas, A Tendência É Que Tenhamos Uma Ação Mais Alta No Braço. As Cordas Leves Estão Entre 0.35mm E 0.40mm, Se Você Quiser Uma Sonoridade Mais Forte, Pode Utilizar As De 0.45mm Que Atendem Perfeitamente Quando O Assunto É Peso.
Eu, Particularmente Prefiro As De 0.40mm, Por Proporcionarem Uma Maior Maciez Sem Prejudicar O Som, E, Na minha opinião, A Técnica.


A "Pegada" E O Estilo Musical Do Baixista Também É Determinante Para A Escolha Das Cordas. Um Baixista Com Uma Pegada Leve, E Que Utilize Ghost Notes, Tapping, E Outras Técnicas De Digitação (Calma!!! Vamos Falar Também Sobre Cada Técnica Dessa Em Separado...) No Decorrer De Sua Execução Se Sentirá Mais À Vontade Com Cordas Mais Leves. Isso É Uma Opinião Pessoal.
Tipos de Cordas


EXISTEM CORDAS FEITAS DE COBRE, DE COR VERMELHA. ALGUNMAS MARCAS SE ROMPEM FACILMENTE.HÁ TAMBÉM CORDAS FEITAS DE BRONZE FOSFÓRICO, DE COR AMARELA. SÃO RECOMENDADAS PARA BAIXOS ACÚSTICOS TIPO "VIOLÃO" OU "BAIXOLÃO".
QUANTO AO TIPO, EXISTEM BASICAMENTE 3:*ROUNDWOUND - TIPO MAIS COMUM, E RECONHECIDO PELA ASPEREZA.*FLATWOUND - SÃO FEITAS A PARTIR DE UMA TIRA RETANGULAR ENROLADA, O QUE A DEIXA MUITO LISA, E INDICADA PARA BAIXOS FRETLESS. ENTRETANTO, AS FLATWOUND TEM POR CARACTERISTICA SONORA O SOM MAIS PURO, ENQUANTO AS ROUDWOUND TEM O SOM MAIS "ENCORPADO".*HALFFWOUND - QUE NADA MAIS É DO QUE UMA ROUNDWOUND TRABALHADA NA PARTE DE CONTATO COM O ESPELHO. NESTE TRECHO, ELA É LISA COMO A FLATWOUND. MAS NA PARTE DE "TOQUE", ELA É ÁSPERA COMO A ROUNDWOUND. COM ISSO, OBTÉM-SE UM SOM "ENCORPADO"MAS SEM DANIFICAR O ESPELHO.
É Sempre Muito Viável Contar Com O Auxílio De Um Luthier Para A Devida Regulagem Do Instrumento. Esse Profissional É O Responsável Direto Pela Maciez E Leveza De Ação Do Braço Do Baixo. Ele Está Devidamente Habilitado Para Regular Ponte, Tarraxas, Tirante, Etc...

*Tirante:
É A "Alma" Do Braço. Uma Haste De Metal Arqueada, Que Impede Que O Braço Do Instrumento Sofra Uma Tensão Exagerada Das Cordas.
*Tarrachas:
São As Responsáveis Pela Afinação Do Instrumento.
*Ponte:
Peça Localizada Na Parte Inferior Do Corpo Do Baixo, Onde Se Prendem Os Martelos Das Cordas.
Considerações Importantes


Melodia do Baixo
Sabemos Que O Baixo É, Basicamente, Um Instrumento Melódico, Sob O Aspecto Da Execução Comum, Por Não Trabalhar No Decorrer Da Música Com Montagem De Acordes. Contudo, Existem Situações Particulares Que Nos Permitem Essa "Regalia", O Que Enriquece Muito A Performance.
Estamos Falando Do Famoso "Tum... Tum Tum.."
Esse Tum...Tum Tum..., Às Vezes É Fundamental À Música, Porque Confere O "Groove" Necessário.
Um Bom Baixista Está Sempre Em Sintonia Com Seu Baterista!!!!
Nunca Se Esqueça Desse Detalhe!!


Baixo E Bumbo "Colados" É Seguramente, 60% Da Música. Principalmente Em Alguns Estilos Em Especial, Como O Funk, O Hip Hop, R&B, Etc...No Mais É "Colar" E Sentir O Balanço.
É Interessante Ouvir Também O Que Está À Sua Volta Na Música, Claro!
E Balançar Galera...Tem Que Balançar...Mesmo Que Seja Um Balanço De Cabeça, Só Pra Marcar O Ritmo, É Fundamental "Sentir" A Música; Assim Ela Te Ajuda. Fica Mais Fácil.
Existem Pessoas Que Não Tem Muita Facilidade Rítmica, Também Estaremos Trabalhando Esse Detalhe Aqui.

Tipos de Alças
Vamos Falar De Outro Ponto Muito Importante Que É Sobre A Alça A Ser Utilizada E Sua Regulagem.
Prefira As Alças Mais Largas. O Baixo É Um Instrumento Pesado, Principalmente Se For Feito Com Uma Madeira Boa, O Que Influencia No Som. A Angulação Correta Do Braço Esquerdo É De Noventa Graus, Em Se Tratando De Braço E Ante Braço. Se Você For Daqueles Que Adora Fazer Uma Pose, E Colocar Seu Baixo Lá No Joelho, Por Favor, Reveja Seus Conceitos. Essa É A Angulação Correta Para Que Se Possa Utilizar Todo Seu Potencial Técnico.

Posição dos Dedos
Com Relação À Posição Dos Dedos Da Mão Esquerda, Seguiremos Os Mesmos Padrões; Dedos Perpendiculares Ao Braço (Formando Um Ângulo De 90º) E Tocando As Cordas Apenas Com As Pontas. Mantenha Seus Dedos Nessa Posição E Você Verá Que As Distâncias Das Casas Ficarão Menores.
Sei Que É Difícil Perder Alguns Vícios, Mas Com Paciência, Chegaremos Lá.

Regras de Estudo
Antes De Estudar É Preciso Ter Me Mente Que É Preciso Aprender A Estudar, Pois Qualquer Estudo Feito Com Concentração E Consciência Por Mais Curto Que Seja, Será Mais Proveitoso Do Que Um Estudo Longo, Porém Dispersivo, Sem Atenção Devida.

Regra I:
Use Sempre Metrônomo, É Importante Para Manter A Pulsação, Ajuste O Metrônomo De Maneira A Tocar Os Exercícios Sem Erro E De Forma Confortável.

Regra II:
Organize Seus Estudos, Mantenha Sempre Um Objetivo, Escreva Um Tempo Determinado Para Cada Ponto Do Estudo, Ex: 15 Minutos Para Estudar Escalas, 15 Para Exercícios, Sempre Entre Uma Matéria E Outra De 3 A 5 Minutos De Descanso Para Você Mesmo, "Não Caia No Erro De Ficar O Tempo Todo Executando Aquele Slap Do Fulano De Tal, Que Você Não Vai Usar Em Música Alguma".

Regra III:
Lembre-Se Que Embora Você Sendo Baixista, A Linha De Estudo Que Se Deve Seguir É O Da Música Em Sua Totalidade, Pois Quando Se Está Num Grupo Musical Existem Outras Pessoas Executando Música Em Instrumentos Diversos, Por Mais Que Você Conheça O Baixo E As Técnicas Do Baixo, Será Necessário Conhecer E Conversar "Música", A Idéia É Fazer Música Com Seu Baixo E Não Tocar Baixo Com Sua Música. Para Tanto Devemos Considerar O Estudo Da Teoria Musical Como Algo Imprescindível Para Qualquer Instrumentista.

Regra IV:
Toque Sempre Devagar!!! Os Exercícios São Para Fazer Com Que Você Fique Preciso E Para O Som Das Notas Executadas Saiam De Forma Perfeitas, Não Tente Impressionar Com O Que As "Suas Mãos" Podem Fazer, Não Estamos Estudando Malabarismo, E Sim Música. Quando Tocamos Devagar, Damos Chance Ao Nosso Cérebro Decorar Aquele Caminho, A Velocidade Virá Decorrente Disto. "Conselho Prático".

Regra V:
O Estudo Pode Ser Dividido Em Três Partes Importantes, "Estude Com Um Professor", "Estude Em Casa Sozinho", Aplique O Que Você Estudou Em Grupo.
Uma Boa Idéia E Você Competir Com Você Mesmo, Tente Ser Melhor E Ter Mais Conhecimento A Cada Etapa, Isto Fará Com Que Você Progrida De Forma Acentuada No Estudo Da Música E Do Contra-Baixo.
"Anote Datas E Andamentos (Metrônomo) Para Perceber A Evolução"

contrabaixo


O contrabaixo é um cordofone tocado ao friccionar um arco de crina contra as cordas ou ainda pinçando-as com os dedos (pizzicato). Dentre as cordas da orquestra, é o instrumento maior e de registro mais grave por isso situa-se mais comumente na lateral da orquestra e em quantidades razoáveis.
Suas cordas, da mais aguda à mais grave, possuem a seguinte afinação: Sol2, Re2, La1, Mi1. Há também baixos de cinco cordas, possuindo uma corda mais grave afinada em Do1 (ou, mais raramente, Si0).
Na orquestra o contrabaixo, pelo seu registro extremamente grave, raramente possui uma função solística. Sua função é principalmente a de preenchimento dos graves e de dar coesão à harmonia. Muitas vezes, são dedicadas ao baixo melodias paralelas à melodia principal.
No jazz seu uso rítmico é profundamente explorado, por exemplo, com o walking bass. Nesse estilo é predominante a técnica do pizzicato.
Em diversos estilos de música popular do século XX, é comum a utilização do baixo elétrico em vez do contrabaixo tradicional.

domingo, 27 de setembro de 2009


Partes do baixo elétrico


Cabeça ou headstock
Tarraxa
Pestana
Tensor
Escala
Braço
Marcação
Traste
Pino da correia
Junta do braço com o corpo
Corpo
Cordas
Captadores
Knob
Ponte
Pino da correia

baixo


O baixo ou contrabaixo, também conhecido como guitarra baixo e viola baixo em Portugal, é um instrumento musical de cordas, destinado especificamente a executar a parte da linha do baixo nas músicas. Pode ser acústico ou elétrico.
O nome guitarra baixo pode ser dado também a específicos modelos de guitarras clássicas, mas que possuem afinação um pouco mais grave que a guitarra clássica tradicional; esta guitarra baixo clássica é afinada uma quarta abaixo da tradicional guitarra, e não pertence a família dos baixos.
O baixo elétrico, tradicional e popular que a maioria das bandas de rock usam, é muito similar a uma guitarra elétrica, mas com o corpo maior, um braço mais longo e uma escala mais extensa. Em geral, os baixos elétricos mais comuns possuem quatro cordas, e estas são afinadas, tradicionalmente, da mesma maneira que os contrabaixos de orquestra, sendo as mesmas notas que as quatro cordas finais de uma guitarra (i.e. Mi, Lá, Ré, e Sol), mas cada uma destas cordas são afinadas uma oitava mais graves, em tom, do que a guitarra. A fins de evitar o uso excessivo de linhas suplementares inferior na pauta da partitura, a notação musical do baixo/contrabaixo é feita na clave de baixo (em Fá) e a anotação, em si, das notas musicais deve ser feita em transposição de uma oitava acima, relativamente ao som que o baixo deve emitir. Isto é, o som do baixo quando lendo de uma partitura para baixo, vai soar uma oitava mais grave do que as notas escritas na pauta. similarmente a uma guitarra, para se tocar o baixo elétrico com seu potencial sonoro total, este é conectado a um amplificador específico para contrabaixos; isto é essencial para as apresentações ao vivo, uma vez que o som do baixo elétrico sem amplificação é demasiadamente baixo por via dele ter um corpo sólido.

guitarra


Mini-curso de guitarra MVHP
Capítulo 1: Introdução à Música aplicada à guitarra Elétrica

Cordas da Guitarra
Conta-se as cordas da Guitarra de baixo para cima nesta ordem:
1ª - Mi
2ª - Si
3ª - Sol
4ª - Ré
5ª - Lá
6ª - Mi


Simbologia dos dedos da mão direita
p – Polegar
i– Indicador
m – Médio
a – Anular
Além dos dedos da mão direita, usamos a palheta (Com mais freqüência).
Inicialmente, o movimento da palheta tem de ser alternado, isto é, atacando a corda de baixo para cima e depois de cima para baixo.
Existem outros movimentos de palheta, tanto alternado quanto "Sweep", mas trataremos deste assunto mais adiante.


Simbologia dos dedos da mão esquerda

1 – Indicador
2 – Médio
3 – Anular
4 – Mínimo
O polegar da mão esquerda deve situar atrás do braço da guitarra como função apoio, mais ou menos a noventa graus em relação à base do braço, evitando aparecer em relação à pessoa que está assistindo à sua frente.

Exercício 1:
Como exercício de mão esquerda, toque o dedo 1 da 1ª casa, o dedo 2 na 2ª casa e assim por diante, "atacando" a corda com a palheta para soar as notas da mão esquerda.


EXEMPLO:
Ascendente
1 - 2 - 3 - 4
1 _______________________________________________________1_2_3_4______________
T 2 _____________________________________________1_2_3_4________________________
A 3 ___________________________________1_2_3_4__________________________________
B 4 _________________________1_2_3_4____________________________________________
5 ______________1_2_3_4_______________________________________________________6_______1_2_3_4______________________________________________________________
Descendente
4 - 3 - 2 - 1


1 __4_3_2_1___________________________________________________________________
T 2 ______________4_3_2_1_______________________________________________________
A 3 ___________________________4_3_2_1__________________________________________
B 4 _________________________________________4_3_2_1____________________________5 _______________________________________________________4_3_2_1______________6 ___________________________________________________________________4_3_2_1__
Capítulo 2: Tocando uma Guitarra

Esta parte pode parecer estúpida para quem já tem o mínimo de intimidade com o instrumento, mas, sinceramente, já vi pessoas que não têm nem noção de como segurar a guitarra! Para essas, temos esta parte aqui. Primeiramente, posicione o instrumento numa posição que você sinta-se confortável (sugiro tocar sentado numa cadeira, para começar). Treine algumas palhetadas (tocar com palheta, no começo, é muito mais fácil que dedilhado clássico): uma nota por corda, duas cordas ao mesmo tempo, licks em uma corda (como o famoso 1-2-3-4) e, finalmente, acordes.

Exercício "1-2-3-4":e----------------------------------B----------------------------------G-------------------------etc...---D-----------------1-2-3-4--------A---------1-2-3-4----------------E-1-2-3-4------------------------
Quando estiver palhetando as cordas, tente tocar entre a ponte ( peça metálica onde as cordas estão presas) e o início do braço; se palhetar muito perto da ponte, as notas soarão muito agudas e secas, enquanto muito perto do braço ou sob ele, as notas irão soar muito graves e cheias. Mas para podermos entrar aos poucos nesse assunto devemos saber como interpretar as tablaturas. Veja abaixo a importância delas no começo do curso.

* Lendo tablaturas

As tabs são a forma de notação mais útil que já se inventou para instrumentos de corda, pois não é necessário saber nada de teoria musical para tocar. Uma desvantagem é que não há possibilidade de marcar o tempo das notas com precisão, como numa partitura, mas isso é facilmente contornado se você conhecer a música. Para interpretá-las, pense como num jogo de batalha naval, no qual existem as linhas e as colunas; na guitarra, são cordas e trastes. É mais fácil visualizar com um exemplo simples:

Intro/Riff principal de "Come As You Are" (Nirvana):e---------------------------------:B---------------------------------:G---------------------------------:D-----------------------------:----A---------0---0---------2-----:---E-0-0-1-2---2---2-2-1-0---0-0-:
Os números representam os trastes a serem apertados ("0" significa corda aberta, sem segurar nenhum traste) enquanto a mão da palheta toca a corda indicada. As cordas, você já aprendeu a denominação no item 1.
Intro de "The Man Who Sold The World" (Nirvana):

e-----------------------------------------------:B-----------------------------------------------:G-2-2-2-0--2h3p2p0-2-2-2-0--2h3p2p0-2-:D-----------------------------------------------:A-----------------------------------------------:E-----------------------------------------------:
Existe nesse exemplo aparecem elementos novos, chamados hammer-on (h) e pull-off (p).O primeiro consiste em tocar a primeira nota e apenas apertar a segunda (ex: em 2h3, toque a nota no traste 2 e apenas aperte o traste 3, aproveitando a vibração da corda, sem palhetar de novo). O pull-off é o contrário: você deixa ambos os trastes pressionados, toca a nota e depois solta o dedo que estava segurando a nota que tocou. A segunda nota irá soar aproveitando a vibração da corda da primeira nota.

Intro de "Purple Haze" (Jimi Hendrix):

e-------------------------------------------------------------------------B---------------------------------------------------------------8b9------G------------------------------------------------------------7------------D-----------8--------8---------------8--------8----------/9---------7---A------------------------------------------------------------------------ -E------6--------6---------------6--------6-------------------------------
e--------------------------B--------------------------G--------------------------D--5----------------------A-----5-----5/7----------E--------0-----------------

Nesse último exemplo, você irá aprender o bend (b) e o slide (/).O bend consiste em tocar a nota e empurrar a corda em direção ao seu rosto, para produzir uma mudança de pitch da nota (elevá-la 1/4, 1/2 ou 1 tom, por exemplo; na tab mostrada, o bend é de 1/2 tom, ou um traste); o slide é mais simples: toque a nota e deslize o dedo até a próxima (ex: em 5/7, toque o quinto traste e deslize o dedo para o sétimo, sem palhetar).

sábado, 26 de setembro de 2009

estrutura da guitarra



Estrutura da guitarra:
Toda guitarra, elétrica ou acústica, é composta basicamente das mesmas partes. A principal diferença entre elas está no corpo. As figuras abaixo mostram uma guitarra elétrica e uma acústica, com suas partes indicadas. A construção do baixo é semelhante à da guitarra elétrica. Para informações adicionais, consulte os artigos de cada uma das partes. Para as diferenças construtivas, consulte os artigos de cada variedade de guitarra.
  1. 1 mão ou paleta ou headstock
    2 Pestana
    3 Tarrachas ou cravelhas
    4 Trastes
    5 Tirante ou Tensor
    6 Marcação
    7 Braço
    8 Tróculo (Junta do braço)
    9 Corpo
    10 Captadores
    11 Potenciometros
    12 Cavalete (ou ponte)
    13 Protetor de tampo (ou escudo)
    14 Fundo
    15 Tampo
    16 Lateral ou faixas
    17 Abertura ou boca
    18 Cordas
    19 Rastilho
    20 Escala

guitarra


O nome guitarra refere-se a uma série de instrumentos de cordas beliscadas, que possuem geralmente de 4 a 12 cordas tensionadas ao longo do instrumento e possuem um corpo com formato aproximado de um 8 (embora também existam em diversos outros formatos), além de um braço, sobre o qual as cordas passam, permitindo ao executante controlar a altura da nota produzida. Existem versões acústicas, que possuem caixa de ressonância e elétricas, que podem ou não possuir caixa de ressonância, mas utilizam captadores e amplificadores para aumentar a intensidade sonora do instrumento.
Família das guitarras:
O termo “guitarra” também é utilizado para se referir a famílias de instrumentos com algumas similaridedes, embora nem sempre com a mesma acepção. Para alguns autores, a família das guitarras engloba qualquer cordofone com braço e caixa de ressonância cujas cordas são beliscadas. Isso inclui instrumentos tais como:
o alaúde,
a balalaica,
o bandolim,
o banjo,
a guitarra portuguesa,
o siamise,
o sitar,
o vina, etc.

ac/dc no brasil


Detalhes sobre apresentação única do AC/DC no Brasil são divulgados:

O AC/DC se apresenta em São Paulo, no Estádio do Morumbi, no dia 27 de novembro.

Os ingressos começam a ser vendidos na próxima quinta-feira (1/10).Quem quiser garantir sua entrada pode comprar o ingresso a partir da 0h do dia 1º de outubro no site da TicketMaster, onde também é possível encontrar informações sobre pontos de venda em várias cidades.

Às 9h, do mesmo dia, começam as vendas por telefone - (11) 2846-6000 (São Paulo), 0300 789 6846 (demais cidades) - e, a partir das 12h, os ingressos serão comercializados nas bilheterias do Credicard Hall, em São Paulo.

O ingresso mais barato sai a R$75 (meia-entrada, arquibancada) e o mais caro a R$300 (inteira, cadeira superior). Em inúmeras cidades por onde a turnê mundial do AC/DC passou, os ingressos foram esgotados.De acordo com o site Terra, a apresentação em São Paulo terá uma estrutura maior do que a utilizada nas duas últimas passagens do grupo pelo país.Confira abaixo os detalhes da passagem do AC/DC pelo Brasil.

São Paulo Quando: 27 de novembro Onde: Estádio do Morumbi Preços: Entre R$ 75 (meia-entrada mais barata) e R$ 300 (inteira mais cara)

Musica



  • Top 50 das musicas mais ouvidas
  • Fergie – Big Girls Don’t Cry
    Ivete Sangalo – Deixo
    Ivete Sangalo – Não Precisa Mudar
    Rihanna – Umbrella
    Akon – Don’t Matter
    Nx Zero – Razões e Emoções
    Justin Timberlake – What Goes Around… Comes Around
    Avril Lavigne – Girlfriend
    Cazuza – Preciso Dizer Que Te Amo
    Babado Novo – Doce Paixão
    Sorriso Maroto – Tenho Medo
    JoJo – Too Little, Too Late
    Victor e Leo – Amigo Apaixonado
    D’Black – Sem Ar
    Beyoncé – Irreplaceable
    Juanes – Para Tu Amor
    Pitty – Na Sua Estante
    Nelly Furtado – Say It Right
    Ivete Sangalo – 100 o Seu Amor
    High School Musical – Breaking Free
    Detonautas – Você Me Faz Tão Bem
    Papas da Língua – Eu sei
    Natiruts – Natiruts Reggae Power
    Jota Quest – O Que Eu Também Não Entendo
    Caetano Veloso – Um Sonho
    Pedro Bial – Filtro Solar
    Vanessa Hudgens – Say Ok
    Adriana Calcanhotto – Fico Assim Sem Você
    Akon – I Wanna Love You
    Fergie – Fergalicious
    Shakira – Beautiful Liar
    Linkin Park – What I’ve Done
    Babado Novo – Amor Perfeito
    Ivete Sangalo – Quando a Chuva Passar
    Snow Patrol – Open Your Eyes
    Ana Carolina – É Isso Aí
    High School Musical – Bop To The Top
    Racionais Mc – Vida Loka (parte 1)
    Ivete Sangalo – A Lua Que Eu Te Dei
    Tânia Mara – Se Quiser
    Vanessa Da Mata – Boa Sorte / Good Luck
    RBD – Tu Amor
    Ivete Sangalo – Se Eu Não Te Amasse Tanto Assim
    Legião Urbana – Tempo Perdido
    Mika – Grace Kelly
    RBD – Celestial
    Legião Urbana – Faroeste Caboclo
    RBD – Ser Ó Parecer
    RBD – Money Money
    Kiko & Shara – Adolescentes

rosa de saron







Rosa de saron
Amor sincero
Foi num piscar de olhos que tudo se apagou
já eram novos tempos
Tudo se transformou
e eu fiquei perdido no mesmo lugar
vendo pessoas indo e outras a chegar
Você não vai saber, tão pouco entender
Pois só a idade esconde um coração
Eu só quero um amor sincero
Que toque minhas mãos
Que faça minha vida mudar
Eu não consigo ver aonde eu vou chegar
Sinto que estou mais velho
Preciso caminhar
As noites são mais longas
Os dias são mais curtos
Eu vou entregar minha alma
E transformar meu mundo.

kiss



















Kiss








É uma banda de hard rock dos Estados Unidos, formada em Nova York em 1973. Conhecida mundialmente por suas maquiagens, e por seus concertos muito elaborados e até exagerados que incluem guitarras esfumaçantes, cuspir fogo e sangue, pirotecnias e muito mais. O Kiss já recebeu 24 discos de ouro. As vendas da banda excedem os 150 milhões no mundo inteiro.
Constitui um dos maiores impactos culturais da década de 1970, valendo-se de roupas, e sobretudo, maquiagens nunca antes vistos, e que marcariam a história da música. Seus dois fundadores são Gene Simmons (Baixo e Vocal) e Paul Stanley (Guitarra Rítmica e Vocal), que ficaram frustrados com o fim de uma banda que formaram, chamada Wicked Lester, assim, decidindo procurar novos integrantes para uma nova banda, encontraram tais integrantes através de anúncio de jornal, Ace Frehley (Guitarra Solo e Vocal) e, pela revista Rolling Stone, Peter Criss (Bateria e Vocal).

Avril


Avril Lavigne:

é uma cantora, compositora, designer de moda e atriz canadense. Teve seu início na carreira musical quando assinou contrato em dezembro de 2001, após uma audição feita pela cantora em feiras e exposições de gado, que despertou o interesse do produtor L. A. Reid, que trabalhava na já extinta Arista Records.

Além de cantora e compositora, Avril Lavigne também está envolvida nas áreas de moda e perfumaria, como no lançamento da fragância Black Star, criada sob licença da Procter & Gamble Prestige; e uma linha de roupas, Abbey Dawn, lançada em julho de 2008 nos Estados Unidos pela loja Kohls. Também fez participações como personagens do cinema em três filmes, Going the Distance, Fast Food Nation e The Flock.

relasionamento:

Avril e Deryck começaram a namorar em 2004, noivaram em 2005 e casaram-se em 15 de junho de 2006
Deryck pediu em casamento à Avril Lavigne enquanto passavam um fim de semana em Veneza. Ao mesmo tempo, a cantora fazia uma turnê europeia denominada Bonez Tour, do álbum Under My Skin. Na época Avril e Deryck venderam suas casas em Toronto para se mudarem para uma luxuosa mansão em Bel Air. Para simbolizar o marido, Avril tem uma tatuagem de estrela em seu pulso esquerdo, e no pulso direito tem um coração com iniciais de seu marido DW (Deryck Whibley). Também possui outras nove tatuagens espalhadas em seu corpo. O seu álbum The Best Damn Thing contém uma foto mostrando uma tatuagem, feita pelo seu amigo e produtor musical Ben Moody. Ela também tem um piercing no umbigo.
Avril usou um vestido diferente com a gola e o tecido longo. Depois do casamento, fizeram um piquenique O casamento foi realizado em uma capela católica com a presença de 110 convidados em 15 de julho de 2006 na cidade Montecito, na Califórnia.
O casal morou em uma mansão avaliada em 9,5 milhões de dólares em Bel Air, um bairro nobre de Los Angeles. Segundo a agência Reuters, a mansão inclui um elevador, sala de sauna e garagem para dez carros.

paranoid




Paranoid
I make the most of all this stress
I try to live without regrets
But I'm about to break a sweat
I'm freakin' out

It's like a poison in my brain
It's like a fog that blurs the scene
It's like a vine I can't untangle
I'm freakin' out

Every time I turn around
Something don't feel right

Just might be paranoid
I'm avoiding the lies
Cause they just might spread
Can someone stop the noise?
I don't know what it is
But I just don't fit
I'm paranoid
Yeah!

I take the necessary steps
To get some air into my chest
I'm taking all the doctor's med
I'm still freakin' out

That's why my ex is still my ex
I never trust a word she says
I'm running all the background checks
And she's freakin' out

Every time I turn around
Something's just not right

(Chorus)
Just might be paranoid
I'm avoiding the lies
Cause they just might spread
Can someone stop the noise?
I don't know what it is
But I just don't fit
Consider me destroyed
(Consider me destroyed)
I don't know how to act
Cause I lost my headI must be paranoid
(Must be paranoid)
And I never thought it would come to this
I'm paranoid

Stuck in a room of staring faces
Caught in a nightmare, can't wake up
If you hear my cry, running through her street
I'm about to freak, come and rescue me

Just might be paranoid, yeah
(Might be paranoid)
I'm avoiding the lies
Cause they just might spread
Can someone stop the noise?
(Someone stop the noise)
I don't know what it is
But I just don't fit
Consider me destroyed
(Consider me destroyed)
I don't know how to act
Cause I lost my head
I must be paranoid
(Must be paranoid)
I never thought it would come to this
I'm paranoid

sexta-feira, 25 de setembro de 2009

kevin


Kevin Jonas (nascido Paul Kevin Jonas II, em Teaneck, é um ator, cantor e guitarrista. É conhecido também como "K2", "Mufasa" e "Kev", é o mais velho dos irmãos Jonas, que formam a banda de pop-rock Jonas Brothers. Kevin, antes de formar a banda com seus irmãos, participava de propagandas na televisão. Kevin é evangélico, assim como seus irmãos e seus pais.

nick


Nicholas Jerry Jonas:é um músico, cantor e ator estadunidense e co-fundador da banda Jonas Brothers, também conhecido como "Nick J." ou "Mr. President" (Senhor Presidente)
Antes de formar a banda com seus irmãos, ele foi para a Broadway aos 6 anos de idade, participou de algumas peças como "A Bela e a Fera" e "A Christmas Carol", e gravou um CD solo, Nicholas Jonas. Faz a voz principal junto com Joseph (Joe) e toca guitarra, piano e teclado em algumas músicas. Também tocou bateria para as músicas "Australia" e "Video Girl", além de também compor as músicas com seus irmãos. Algumas das músicas da banda ele compôs sozinho, como "S.O.S." do álbum "Jonas Brothers", "A Little Bit Longer" e "Got Me Going Crazy" do álbum "A Little Bit Longer", "World War III" e "Black Keys" do mais novo album da banda: "Line , Vines and Trying Times".
Nick é evangélico, assim como seus irmãos e seus pais. Seu pai era missionário e pastor.
Quando tinha 13 anos, Nick foi diagnosticado com Diabetes Tipo 1. A música A Little Bit Longer (que dá nome a um dos álbuns dos Jonas Brothers) foi escrita por ele e fala como se sentiu quando descobriu que tinha diabetes. Desde então, Nick, seus irmãos e sua família organizam eventos para crianças com diabetes. Ele fundou a organização Change for the Children e espera ajudar muitas crianças que tambem tem diabetes e ser um exemplo para todas elas.

Joe


Joseph "Joe" Adam Jonas:é um ator, cantor e músico estadunidense, também conhecido como "Lightning" (relâmpago), "DJ Danger" (DJ Perigo) ou JJ (Joe Jonas). Ele faz parte da banda Jonas Brothers junto com dois de seus irmãos: Kevin e Nick. Joe ganhou o prémio de "Melhor Fashionista", outorgado pela MTV. Biografia: >>>>>>>>>Na banda, Joe faz junto com Nick a voz principal, toca pandeiro na maioria das músicas, teclado em algumas como "Hollywood", e guitarra nas músicas "A Little Bit Longer","Love Is On Its Way". Também é compositor de "Australia" e "Mandy", além de compor as outras músicas dos CDs com seus irmãos. Ele foi co-protagonista do filme "Camp Rock", da Disney, junto a Demi Lovato, interpretando o personagem Shane Gray. Nick e Kevin também atuaram em "Camp Rock", interpretando os amigos de Shane: Jason (Kevin Jonas) e Nate (Nick Jonas), onde juntos, formavam a banda "Connect 3". Joe Jonas foi contratado pela Disney para fazer o filme, mas só aceitou filmar se seus dois irmãos também participassem. Em maio de 2009 foi lançado um filme em 3D da banda Jonas Brothers, intitulado "Jonas Brothers: The 3D Concert Experience", e no Brasil foi denominado Jonas Brothers 3D: O Show, que é um show da Burnin' Up Tour. Joe é evangélico, assim como seus irmãos e seus pais

jonas brother


ola! os irmaos brothers cantão muito!!!!!
jonas brothers é uma banda estadunidense de pop rock formada pelos irmãos Kevin Jonas, Jo Jonas e Nick Jonas.

D+

































































o melhor